utorok, 12. novembra 2013

E DEPOIS DO ADEUS É MELHOR FABRICAR UMA NOVA CLASSE MÉDIA OU NIVELÁ-LA NOS 600 EUROS....O ESTADO A QUE CHEGÁMOS NEM CONSEGUE METER A PRIMEIRA NEM REFORMAR O CHAÇO NEM METER A MARCHA ATRÁS FELIZMENTE A ESTRADA VAI DESCENDO ATÉ AO MAR QUE É O NOSSO DESTINO É PENA QUE NINGUÉM NOS TIVESSE ENSINADO A NADAR E AINDA POR CIMA NOS DESSEM UM CANUDO DE CHUMBO COMO BAGAGEM EDUCATIVA

Neste asssunto, o  Estado tem dois interesses que pode ou não defender :
1) O interesse dos alunos ......1 milhão e tal em todos os graus de ensino público privado e cooperativo alguns em internato compulsivo ou facultativo
privado inclui escolas geridas por ordens de cariz religioso....ora nesta mistela educativa o que é e qual é o interesse dos alunos? 50% dos quais não completam o secundário ou completando-o não ingressam no superior
e os que ingressam têm um ensino muito variável havendo cursos que explicitamente indicavam médias de 6 anos para a conclusão de cursos de 4,,,,algo vai mal no interesse dos alunos quando o desinteresse é geral e a única coisa que o ensino legitima é uma bateria de testes e pseudo-avaliações....
2) O interesse do contribuinte....num país onde a maioria foge aos impostos e só contribui quem não pode...é do interesse do contribuinte um cheque ensino de 19,4 milhões de euros que obviamente nunca será para todos mesmo que alcance os 9 mil milhões de euros

O estado tem dois interesses que não deve defender e pelos quais não se deve sentir condicionado :
1) O interesse dos professores do ensino público.....
que aos 40 e muitos anos em termos médios deverão ser requalificados....cá por nós trintanários a cinquentenários e sexagenários fora do quadro tudo bem

mas notar que professores e pessoal dos restantes ministérios e autarquias formam a única classe média deste país responsável pela maioria do consumo....de bens e principalmente de serviços

a bem ou a mal são infelizmente o motor económico do país dificilmente o serão no privado pois no geral .....a massa salarial e o nº de profes no privado agora ou no futuro nunca suprirá este mercado que representa directamente 1,5% da população contando com o ensino superior e indirectamente o dobro....dado o agregado familiar e o nº médio de filhos
e o nº de contratados que suprem baixas e outros acidentes eleitorais...viva Fátima Felgueiras e Mata que é de Cáceres e amigos....ou colegas tanto faz
além disso ocupam muitos dos institutos e boas obras culturais que o estado a bem da nação nos deu....logo suprem também consumos eléctricos de papel higiénico de água e de refeições escolarizadas ou não

resumindo os profes e outros estatizados afectam muito o consumo de bens e serviços e logo o imposto cobrado pelo estado.....
excepto ferrraris e iates de luxo

2) A ideologia segundo a qual tudo o que é público tem que ser mantido.......desde que haja algo para a substituir e fique mais barato para o contribuinte não afectando as receitas do estado
nem mantendo uma classe de professores a salário mínimo ou a contrato precário....pois foi isso que levou a professora de física....da família do defenestrado em 1640 a contratar uma professora brasileira para lhe limpar a casa....
ou seja a ideologia de que o estado deve manter um tecido social que o sustente....
CASO COntrário temos um Estado Detroitizado ou um Estado Zim Bá Bué Bué em mau estado
 o estado não é capaz de conhecer cada aluno ou cada contribuinte e saber o que é melhor para ele e professores pagos a 500 e 900 euros ainda menos....apenas conseguem e nem sempre que passem em exames....e pouco mais..... 
Mas parece-me que tiraste o curso num colégio privado pois o nível de raciocínio é quase o de um salesiano pra não insultar os jesuitas pois os respectivos pais  divorciados ou não, abusadores ou com tempo livre para os filhos e para o álcool pela via do desemprego e geralmente muito pouco ligados à geração que virá depois deles...também não sabem o que é melhor para a prole.....basta ver os filhos dos maiores psicólogos, psiquiatras e mestres educativos desta nação....os pais geralmente projectam as suas paranóias e falhanços nos filhos querem triunfar ou moldar os filhos a uma i-dei-a de susexo...isse nã é saber o qué melhor

Žiadne komentáre:

Zverejnenie komentára