utorok, 12. novembra 2013

E DEPOIS DO ADEUS É MELHOR FABRICAR UMA NOVA CLASSE MÉDIA OU NIVELÁ-LA NOS 600 EUROS....O ESTADO A QUE CHEGÁMOS NEM CONSEGUE METER A PRIMEIRA NEM REFORMAR O CHAÇO NEM METER A MARCHA ATRÁS FELIZMENTE A ESTRADA VAI DESCENDO ATÉ AO MAR QUE É O NOSSO DESTINO É PENA QUE NINGUÉM NOS TIVESSE ENSINADO A NADAR E AINDA POR CIMA NOS DESSEM UM CANUDO DE CHUMBO COMO BAGAGEM EDUCATIVA

Neste asssunto, o  Estado tem dois interesses que pode ou não defender :
1) O interesse dos alunos ......1 milhão e tal em todos os graus de ensino público privado e cooperativo alguns em internato compulsivo ou facultativo
privado inclui escolas geridas por ordens de cariz religioso....ora nesta mistela educativa o que é e qual é o interesse dos alunos? 50% dos quais não completam o secundário ou completando-o não ingressam no superior
e os que ingressam têm um ensino muito variável havendo cursos que explicitamente indicavam médias de 6 anos para a conclusão de cursos de 4,,,,algo vai mal no interesse dos alunos quando o desinteresse é geral e a única coisa que o ensino legitima é uma bateria de testes e pseudo-avaliações....
2) O interesse do contribuinte....num país onde a maioria foge aos impostos e só contribui quem não pode...é do interesse do contribuinte um cheque ensino de 19,4 milhões de euros que obviamente nunca será para todos mesmo que alcance os 9 mil milhões de euros

O estado tem dois interesses que não deve defender e pelos quais não se deve sentir condicionado :
1) O interesse dos professores do ensino público.....
que aos 40 e muitos anos em termos médios deverão ser requalificados....cá por nós trintanários a cinquentenários e sexagenários fora do quadro tudo bem

mas notar que professores e pessoal dos restantes ministérios e autarquias formam a única classe média deste país responsável pela maioria do consumo....de bens e principalmente de serviços

a bem ou a mal são infelizmente o motor económico do país dificilmente o serão no privado pois no geral .....a massa salarial e o nº de profes no privado agora ou no futuro nunca suprirá este mercado que representa directamente 1,5% da população contando com o ensino superior e indirectamente o dobro....dado o agregado familiar e o nº médio de filhos
e o nº de contratados que suprem baixas e outros acidentes eleitorais...viva Fátima Felgueiras e Mata que é de Cáceres e amigos....ou colegas tanto faz
além disso ocupam muitos dos institutos e boas obras culturais que o estado a bem da nação nos deu....logo suprem também consumos eléctricos de papel higiénico de água e de refeições escolarizadas ou não

resumindo os profes e outros estatizados afectam muito o consumo de bens e serviços e logo o imposto cobrado pelo estado.....
excepto ferrraris e iates de luxo

2) A ideologia segundo a qual tudo o que é público tem que ser mantido.......desde que haja algo para a substituir e fique mais barato para o contribuinte não afectando as receitas do estado
nem mantendo uma classe de professores a salário mínimo ou a contrato precário....pois foi isso que levou a professora de física....da família do defenestrado em 1640 a contratar uma professora brasileira para lhe limpar a casa....
ou seja a ideologia de que o estado deve manter um tecido social que o sustente....
CASO COntrário temos um Estado Detroitizado ou um Estado Zim Bá Bué Bué em mau estado
 o estado não é capaz de conhecer cada aluno ou cada contribuinte e saber o que é melhor para ele e professores pagos a 500 e 900 euros ainda menos....apenas conseguem e nem sempre que passem em exames....e pouco mais..... 
Mas parece-me que tiraste o curso num colégio privado pois o nível de raciocínio é quase o de um salesiano pra não insultar os jesuitas pois os respectivos pais  divorciados ou não, abusadores ou com tempo livre para os filhos e para o álcool pela via do desemprego e geralmente muito pouco ligados à geração que virá depois deles...também não sabem o que é melhor para a prole.....basta ver os filhos dos maiores psicólogos, psiquiatras e mestres educativos desta nação....os pais geralmente projectam as suas paranóias e falhanços nos filhos querem triunfar ou moldar os filhos a uma i-dei-a de susexo...isse nã é saber o qué melhor

pondelok, 18. marca 2013

E DEPOIS? DEPOIS DAS VACAS MAGRAS OS BOIS OU OS BOYS É UMA QUESTÃO DE SINTAXE OU SÓ DE SIN NÃO TAXADO COMO PECADO

 e DEPOIS DO ADEUS ? queimem-se os hereges e os judeus

Um país de velhos iletrados funcionais escreve-se em anais de malpaís com velhos costumes quando:

a)se chamam jotinhas  a penduricalhos de meia idade e a vacas que já nem aleitam nem parem sem risco de vida

b)os jovens com conta no banco e depósitos a prazo têm todos acima de quarenta primaveras e as velharias de 80 para cima têm mais de 250% de herdeiros jovens como o príncipe Charles sequiosos das velhas poupanças dos mortos-vivos que nem gastam nem deslargam o cagatório a que chamam trono

c)o serviço púbico de radiotelevisão em vez de passar filmes de zombies põe zombies gágás a cagarem en directo e em semi-vivo

d)a velharia não gasta nem dá a herdar e arrecada ouro e prata em colchões ou mistura as notas com o sal à espera de chegarem aos 100 ou aos 120 se se chamarem Oliveira's que é árvore milenar que dá culturais manuéis de 104 mas não enforca nenhum

e) eh a coluna dos jovens de meia-idade avança
os putos de 20 e picos? que vão dar o cu pela nação
já os bébés de década e meia que se lixem demos-lhes uma educação de luxo
os fetos abaixo dos 10 invernos?
deixem a coluna passar que daqui a umas passas a primavera árabe será deles...

štvrtok, 14. marca 2013

LABORANDO NO ERRO QUE FAZER EUROS É CRIAR PRESSÃO NAS BOLHAS DE DÍVIDA FEITAS

Amigo, a tua fé é imensa

no virtual dinheiro en tesouro

no higiénico papel que ocê pensa

ser un bestial bezerro de ouro

camarada amigo

em verdade  te digo...

que essa visão é un perigo

amigo

eu que te digo adeus

neste abrigo

eu que papo deus

en hóstias de trigo

e que bebo o sangue

do deus com umbigo

lhe digo

que se não zangue

por causa de trinta

dinheiros virtuais

que são só tinta

 sujo papel que vos pinta

os traseiros reais...








mais vale ter por mortalha
nessa batalha canalha
papel que dê pra fumar